STJ

STJ divulga teses sobre espelhamento do WhatsApp e levantamento da curatela

O Superior Tribunal de Justiça divulgou a edição 640 do Informativo de Jurisprudência, com destaque para dois julgados.

O primeiro é de relatoria da ministra Laurita Vaz. Por unanimidade, a 6ª Turma concluiu que é inaplicável a analogia entre interceptação telefônica e espelhamento, por meio do WhatsApp Web, das conversas realizadas pelo aplicativo WhatsApp.

Já o outro destaque é da 3ª Turma, de relatoria da ministra Nancy Andrighi. Também em decisão unânime, o colegiado entendeu que o rol do artigo 756, parágrafo 1º, do Código de Processo Civil, acerca dos possíveis legitimados para a ação de levantamento da curatela, não é taxativo.

Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

Posts relacionados
STJ

STJ nega liberdade a mãe de 4 crianças que furtou leite em pó

STJ

Execução fiscal pode ser redirecionada sem desconsideração da pessoa jurídica, diz STJ

STJ

Estado deve custear exame de DNA em caso de Justiça gratuita, decide STJ

STJ

STJ decide que condomínios não podem proibir animais em casa

Assine nossa newsletter e receba o boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *