Tribunais regionais

PM é condenado a 54 anos de prisão por matar três pessoas e balear outras três em bar de Porto Velho

Crime ocorreu no mês de janeiro, na Zona Leste da capital. Réu ficará preso inicialmente em regime fechado

O policial militar Josevânio da Silva Oliveira foi condenado a 54 anos de prisão por matar três pessoas a tiros e balear outras três em um bar de Porto Velho. O julgamento do réu, que começou na manhã de terça-feira (28), se estendeu até a madrugada desta quarta-feira (29) no Fórum Criminal da capital.

O crime ocorreu em janeiro deste ano, depois que o policial se exaltou em um bar da Zona Leste e fez vários disparos contra clientes do estabelecimento.

No entendimento da Justiça, o réu é culpado pelos três homicídios e as três tentativas de homicídio. Por causa disso, deverá cumprir inicialmente a pena de 54 anos em regime fechado.

Como foi o ataque?

O policial de 39 anos estava de folga no bar, quando houve uma briga generalizada envolvendo o suspeito no banheiro do estabelecimento. Na confusão, o militar teria perdido o controle e atirado, atingindo cinco homens e uma mulher.

Duas pessoas morreram na hora e a terceira vítima, socorrida ao Hospital João Paulo II, também não resistiu aos ferimentos.

No dia do crime no bar, alguns clientes conseguiram desarmar o militar após os disparos e na sequência o acusado acabou sendo agredido com socos e chutes por outras pessoas. O militar então correu e foi socorrido por amigo.

Na época, o policial usava um coldre preto, uma identidade de policial militar e dois portes de arma, para pistola calibre 380 e para carabina calibre 22. Com uma das vítimas feridas, a polícia aprendeu uma pequena porção de cocaína.

G1

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Posts relacionados
Tribunais regionais

Dono de funerária é condenado por matar concorrente a tiros em Alvorada do Oeste, RO

Tribunais regionais

TJ-RO nega habeas corpus a advogados acusados de repassar informações à organização criminosa

Tribunais regionais

Barco da Justiça parte para o atendimento às populações ribeirinhas

Tribunais regionais

Mutirão Carcerário revisa mais de 1,8 mil processos de presos provisórios em RO

Assine nossa newsletter e receba o boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *