Ministério Público nos Estados

MPRO terá novo Procurador Geral de Justiça a partir de sexta-feira, 17

O Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia dá posse, nesta sexta-feira (17/05), ao Promotor de Justiça Aluildo de Oliveira Leite, no cargo de Procurador-Geral de Justiça, e ao Procurador de Justiça Cláudio Wolff Hager como Corregedor-Geral do MPRO  para o biênio 2019/2021.

A sessão solene de posse ocorrerá às 17 horas, no auditório do edifício-sede do MPRO, em Porto Velho, com a presença de diversas autoridades civis e militares, membros, servidores e familiares dos empossados.

O Promotor de Justiça Aluildo de Oliveira ficou em primeiro lugar em eleição realizada no dia 15 março de 2019 para compor a lista de tríplice encaminhada ao governador Marcos Rocha para escolha do Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia para o biênio 2019/2021. Foi nomeado para o cargo pelo governador no dia 18 de março de 2019.

Aluildo de Oliveira Leite ingressou na carreira como Promotor de Justiça substituto no dia 14 de novembro de 1996. Atuou nas Promotorias de Justiça de Costa Marques, Alvorada do Oeste, Guajará-Mirim, Ariquemes e Ouro Preto do Oeste. Foi promovido, pelo critério de merecimento, para 6ª Promotoria de Justiça de Porto Velho, em 2010. Ocupou os cargos de Diretor do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente; chefe de Gabinete da Corregedoria-Geral do MP; diretor do Centro de Atividades Judiciais (CAEJ) e, atualmente, exercia a chefia Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça.

Corregedor-Geral

Cláudio Wolff Harger foi eleito pelo Colégio de Procuradores de Justiça , por aclamação, ao cargo de Corregedor-Geral do MPRO para o biênio 2019/2021,no dia 7 de março

O novo Corregedor-Geral do MPRO, iniciou sua carreira no Ministério Público do Estado de Rondônia no dia 20 de setembro de 1988, quando tomou posse no cargo de Promotor de Justiça. Atuou nas Comarcas de Cerejeiras; Cacoal; Ariquemes e Porto Velho. Exerceu também os cargos de chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, Ouvidor Geral do MPRO e, atualmente, é diretor do Centro de Atividades Extrajudiciais e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO). Entre outras atuações no Tribunal do Júri, participou do Julgamento do Caso Corumbiara. Foi designado pela Portaria nº 0254, de 29 de março de 2010 para atuar no processo nº 000.5496-08.2002.8.22.0501, referente ao julgamento de envolvidos em assassinatos no presídio Urso Branco.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Posts relacionados
Ministério Público nos Estados

Conjur: MP-RO publica e apaga vídeo institucional parodiando filme Os Vingadores

Ministério Público nos Estados

Promotor que chamou Lula de "encantador de burros" é condenado em R$ 60 mil

Ministério Público nos Estados

Na véspera do início dos desfiles, MP pede interdição do Sambódromo do Rio

Ministério Público nos Estados

MP do Amazonas vai monitorar trabalho da Defesa Civil para conter efeitos da cheia do rio Juruá

Assine nossa newsletter e receba o boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
Advogado preso e investigado na Operação Consilium Fraudi, em Ariquemes, é nomeado diretor da SEPOG