A força-tarefa da “lava jato” no Ministério Público Federal oficializou nesta quinta-feira (25/7) a devolução de R$ 424 milhões à Petrobras. O dinheiro faz parte dos acordos de leniência do Grupo Technip e da Camargo Corrêa, além de renúncias voluntárias de três réus já condenados na operação.

A entrega dos recursos foi feita em cerimônia no auditório da Justiça Federal do Paraná com a presença de autoridades como o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e o ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner de Campos Rosário. Mas, ao contrário de cerimônias anteriores, dessa vez os procuradores da força-tarefa não concederam entrevista coletiva.

Com mais essa parcela, o total devolvido aos cofres da Petrobras em decorrência da “lava jato” passa dos R$ 3 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *