Tribunais regionais

Médico paulista é multado em R$ 1 milhão por acumular 8 empregos, 5 são públicos

Sem descansar um único dia no mês, o médico com quatro diferentes funções trabalhava 106 horas semanais em oito empregos distribuídos por quatro cidades

Uma reportagem de Wanderley Preite Sobrinho, publicada no UOL nesta segunda-feira mostra o impressionante caso do médico paulista José Usan Júnior, que consegue acumular oito empregos em quatro cidades, sendo que cinco são públicos, com uma “carga de trabalho” de 106 horas semanais.

Para o Ministério Público em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo, o caso é emblemático. Quando investigava denúncia contra 60 médicos “fantasmas”, os acusados concordaram em devolver recursos recebidos indevidamente, menos José Usan, que decidiu ir para a justiça.

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou Usan Júnior a pagar multa de R$ 1.1 milhão.

CLIQUE AQUI para ler a história completa no UOL.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Posts relacionados
Tribunais regionais

Dono de funerária é condenado por matar concorrente a tiros em Alvorada do Oeste, RO

Tribunais regionais

TJ-RO nega habeas corpus a advogados acusados de repassar informações à organização criminosa

Tribunais regionais

Barco da Justiça parte para o atendimento às populações ribeirinhas

Tribunais regionais

Mutirão Carcerário revisa mais de 1,8 mil processos de presos provisórios em RO

Assine nossa newsletter e receba o boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *