Decisão de juiz federal prevê que autor da facada no então candidato a presidente Jair Bolsonaro faça tratamento psiquiátrico na Penitenciária de Campo Grande, onde está preso

O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), expediu nesta sexta-feira (14) a sentença de Adélio Bispo, autor da facada em Jair Bolsonaro, e converteu a prisão preventiva em internação provisória. Pela decisão, o agressor deverá permanecer no presídio de Campo Grande (MS).

O atentado aconteceu em 6 de setembro do ano passado, quando Bolsonaro, ainda como candidato a presidente da República, participava de um ato de campanha em Juiz de Fora. Adélio Bispo foi preso no mesmo dia e, segundo a Polícia Militar do estado, confessou ter sido o autor da facada.

“Converto a prisão preventiva em medida cautelar de internação provisória. Determino que o réu seja mantido custodiado na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande/MS”, escreveu o juiz na sentença.

Bruno Savino determinou, ainda, que Adélio Bispo faça tratamento psiquiátrico no presídio.

Conforme o Ministério Público, Adélio Bispo é semi-imputável, ou seja, pode ser enquadrado criminalmente, mas com redução de pena em razão de transtornos mentais apontados em laudos médicos.

Com G1

alan.alex@painelpolitico.com

[email protected]

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação

One thought on “Adélio Bispo, autor do atentado a Bolsonaro é absolvido pela justiça e segue para internação psquiátrica

  1. gostaria ade agradecer pelos conteúdos postados aqui nesta págian que contribuem a cada dia para o crescimento intelectual da nossa sociedade.

    e equipe est de parabéns que deus ilumine a cada dia a equipe proporcionando muitas benção saúde,novos assuntos para dar continuidade ao projeto com mais sucesso ainda e muito amor e dinheiro .

    att jurídica equipe de busca de conteúdo do site .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *